teríamos um apartamento, tomaríamos café as cinco da tarde, discordaríamos quanto a cor das cortinas, não arrumaríamos a cama diariamente, a geladeira seria repleta de congelados e coca-cola, o armário, de porcarias, adiaríamos o despertador umas trinta vezes, sentaríamos na sala de pijama e pantufas, sairíamos pra jantar em dia de chuva e chegariamos encharcados, nos beijaríamos no meio de alguma frase, você pegaria no sono com a mão no meu cabelo e eu, escutando sua respiração. Eu riria sem motivo e você perguntaria porque, eu não responderia, saberíamos. Poderíamos casar...♥





Eles se amam todo mundo sabe mas ninguém acredita. Não conseguem ficar juntos. Simples. Complexo. Quase impossível. Ele continua vivendo sua vidinha idealizada e ela continua idealizando sua vidinha. Alguns dizem que isso jamais daria certo. Outros dizem que foram feitos um para o outro. Eles preferem não dizer nada. Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. Ela quer atitudes, ele quer ela. Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela. E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz. Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. É fácil porque os dias passam rápidos demais, é difícil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles. E todos os dias eles se perguntam o que fazer. E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. E que no momento certo se reencontrem e que nada, nada seja por acaso. 




Tati B.


Imagine que não há paraíso, é fácil se você tentar. Nenhum inferno abaixo de nós, acima de nós apenas o céu. Imagine todas as pessoas vivendo para o hoje. Imagine não existir países, não é difícil de fazê-lo. Nada pelo que matar ou morrer e nenhuma religião também. Imagine todas as pessoas vivendo a vida em paz. Você pode dizer que eu sou um sonhador, mas eu não sou o único. Espero que um dia
você se junte a nós, e o mundo, então, será como um só. Imagine não existir posses. Me pergunto se você consegue. Sem necessidade de ganância ou fome, uma irmandade de homens.Imagine todas as pessoas, compartilhando com todo o mundo.

John Lennon



Queria ter lhe conhecido antes,muito antes..para que nenhum de nós dois tivesse medos ou cicatrizes...queria ter estado com você quando seu coração descobriu o que era amor,quando seu corpo descobriu o que era desejo e antes que pudesse sofrer eu estaria do seu lado,amando-lhe,entregando-me e juntos poder ter aprendido as lições da vida e do coração...
Queria ter lhe conhecido muito antes quando suas esperanças começaram a nascer,quando seus sonhos ainda eram puros e seus ideais ainda ingênuos...
Pena termos nos encontrado só agora já com o coração viciado em outros amores,com uma imagem meio falsa do que é felicidade,do que é entregar-se...queria ter lhe encontrado antes,muito antes.
Numa nova vida,num outro tempo em que não precisássemos temer o nosso futuro,nem nossos sentimentos...



O lado dela :


"Ele desistiu de mim. Me deixou sozinha, nem disse adeus, muito menos tchau, até logo. Eu deveria saber, ele me deixava solta tempo demais – fazendo muita falta. Isso já fazia um tempo ... nem se interessa mais no que estava acontecendo comigo. Ele não me ama mais. Nem ao menos me falava isso ... deixou tudo acabar sem ao menos me dizer o que eu fiz a ele. Às vezes fico pensando no que diria à ele, mas melhor mesmo foi meu silêncio. Afinal, eu não queria parecer frágil. Mais eu amo e sempre vou amar somente ele, mais sei que ele não me ama ... como um dia me disse."


O lado dele:


"Eu não conseguia mudar a situação. Tentei deixá-la sozinha, afinal, parecia que era o que precisava. Fingia não me importar pra não passar pra ela que estava com medo dela me deixar. As forças esgotaram-se. Não tinha mais tanta certeza em suas palavras ... sentia que ela não me ama mais, já não me falava mais eu te amo, e nem me beijava como antes. Tive que sair da vida dela, deixar tudo acabar, sem ao menos poder falar que queria ficar. Eu amo e sempre vou amar somente ela, mais sei que ela não me ama ... como um dia me disse."





O anel de casamento é colocado no dedo anelar da mão esquerda, porque é o único dedo que tem uma veia ligada ao coração.


que lindo *-*

Normalmente me expresso melhor em palavras escritas do que faladas, mas, ultimamente parece que não sai nada, que eu não sei mais sobre o que falar.. nem mais me expressar tão bem como antes.
Parece que as palavras fogem, elas correm de mim.. parece que não é para mim escreve-las, queria tanto contar aquela história que aconteceu semana passada, sabe ? aquela que estávamos eu e você conversando sobre tudo , a gente rindo, as horas passando e não nos importávamos.. o dia que o mundo parou pra nós lembra ?
Mas, sempre me faltam as palavras.. preciso de inspiração agora ! :(

Preciso de alguém que me respeite...
Preciso de alguém que me veja com única...
Alguém que me chame de Minha Princesa e que diga que hj estou mais linda do que nunca...
Quero alguém que me recite poemas, que abra a porta do carro e diga “primeiro as damas”...
É, alguém que me beije tão intensamente como se fosse o ultimo beijo...
Alguém que sinta frio na barriga só de me ver chegar...
Que fale bobagens tentando me agradar, me impressionar...
Preciso de alguém que chore só de pensar em me perder, que passe a noite sem dormir quando estiver brigado comigo...
Quero alguém que sonhe com um futuro junto comigo... E que diga “eu te amo” a toda hora e momento e em qualquer situação...
Alguém ao qual eu não seja sua razão de viver, mas sim sua própria vida.



"Namoro é quando não se tem certeza absoluta de nada, a cada dia um segredo é revelado, brotam informações novas de onde menos se espera. De manhã, um silêncio inquietante. À tarde, um mal-entendido. À noite, um torpedo reconciliador e uma declaração de amor. Namoro é teste, é amostra, é ensaio, e por isso a dedicação é intensa, a sedução é ininterrupta, os minutos são contados, os meses são comemorados, a vontade de surpreender não cessa — e é a única relação que dá o devido espaço para a saudade, que é fermento e afrodisíaco. Depois de passar os dias se vendo só de vez em quando, viajar para um fim de semana juntos vira o céu na Terra: nunca uma sexta-feira nasce tão aguardada, nunca uma segunda-feira é enfrentada com tanta leveza. Namoro é como o disco “Sgt. Peppers”, dos Beatles: parece antigo e, no entanto, não há nada mais novo e revolucionário. O poeta Carlos Drummond de Andrade também é de outro tempo e é para sempre. É ele quem encerra esta crônica, dando-nos uma ordem para a vida: “Cumpra sua obrigação de namorar, sob pena de viver apenas na aparência. De ser o seu cadáver itinerante".

Seria tão bom sair por aquela porta e conhecer alguém sem precisar procurar no meio da multidão. Alguém que soubesse se aproximar sem ser invasivo ou que não se esforçasse tanto para parecer interessante. Alguém de quem eu não quisesse fugir quando a intimidade derrubasse nossas máscaras, que segurasse minha mão e tocasse meu coração. Que não me prendesse, não me limitasse, não me mudasse, alguém que me roubasse um beijo no meio de uma briga e me tirasse a razão sem que isso me ameaçasse. Que me dissesse que eu canto mal, que eu falo demais e que risse das vezes em que eu fosse desastrada. Alguém de quem eu não precisasse.. mas com quem eu quisesse estar sem motivo certo. Alguém com qualidades e defeitos suportáveis, que não fosse tão bonito e ainda assim eu não conseguisse olhar em outra direção. Que me encontrasse até quando eu tento desesperadamente me esconder do mundo. Eu queria sair por aquela porta e conhecer alguém imperfeito, mas feito pra mim..



Dois É Melhor Que Um


Eu me lembro do que você usou no primeiro encontro
Você entrou na minha vida
E eu pensei "Hey você, sabe que isto pode se tornar algo"
Porque tudo que você faz e as palavras que diz
Você sabe que isto tira meu fôlego
E agora não tenho nada


Porque talvez seja verdade que eu não consiga viver sem você
Talvez dois seja melhor que um
Existe tanto tempo para descobrir o resto da minha vida
E você já me deixou desiludido
E eu estou pensando que dois é melhor que um


Lembro-me de rir, olhando para seu rosto
O jeito que você vira os seus olhos,
o seu sabor
Você faz com que seja dificil respirar
Porque quando eu fecho os olhos eu vôo para longe
Eu penso em você e tudo fica bem
Eu estou finalmente acreditando


Talvez seja verdade que eu não consiga viver sem você
Talvez dois seja melhor que um
Existe tanto tempo para descobrir o resto da minha vida
E você me deixou desiludido
Pensando que dois é melhor que um
(yeah yeah)


Eu me lembro do que você usou no primeiro encontro
Você entrou na minha vida e eu pensei, hey..


Talvez seja verdade que eu não viva sem você
Talvez dois seja melhor do que um
Existe tanto tempo para descobrir o resto da minha vida
E você já me pegou perdido
Andei pensando
Eu não vivo sem você
Porque baby, dois é melhor do que um
Existe tanto tempo para descobrir o resto da minha vida
Mas eu vou descobrir com que tudo é dito e feito
E dois é melhor do que um
Dois é melhor do que um



Não importa o que você seja, quem você seja, ou que deseja na vida, a ousadia em ser diferente reflete na sua personalidade, no seu caráter, naquilo que você é. E é assim que as pessoas lembrarão de você um dia.

- "A verdade é que todo mundo vai te machucar,você só tem que escolher por quem vale a pena sofrer."


Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato,a questão é...Ou toca, ou não toca .





Quase amor - Reação em Cadeia

Ela disse: "Eu não sei
O que sinto por você
Não quero mais saber
O que você tem a dizer
Agora me deixe em paz
Não tente me entender
Pois pra mim tanto faz
O que ainda pode acontecer"

Mil coisas acontecem ao seu redor
Você não as percebe
Pois não pode distingui-las
Talvez não faça diferença
E o que resta pra você
São somente as coisas
Que você pode suportar
O que podemos suportar?

Não vá pensar que eu chorei por você
Não vá pensar que eu sofri por você
Não vá pensar que um dia amei você

Não vá acreditar, não
Em tudo o que lhe falam por aí
Pois a mentira, um dia ela
Pode lhe ferir

Queria consertar, tudo o que aconteceu
Mas na verdade sei que este erro não foi meu
Eu destilei meu sangue em algo forte
Pra que eu pudesse me sentir melhor
Mas do contrário eu me senti pior
E usei deste artifício pra ocultar a dor
Por ter perdido um quase amor

Não não vá pensar que eu chorei por você
Não vá pensar que eu sofri por você
Não vá pensar que um dia amei você

Eu destilei meu sangue em algo forte
Pra que eu pudesse me sentir melhor
Mas do contrário eu me senti pior
E usei desse artifício pra ocultar a dor
Por ter perdido um quase amor
Por ter perdido um quase amor

"Penso: quando você não tem amor, você ainda tem as estradas."

"Venha quando quiser, ligue, chame, escreva - tem espaço na casa e no coração, só não se perca de mim"





"Acredito nos olhos de quem está apenas observando, aprendendo, sem julgamento. Acredito que existe um lugar para mim, assim como existe lugar para todo mundo. Porque existe lugar para todo mundo. É só procurar. Eu acredito. Acredito no tempo. O tempo é nosso amigo, nosso aliado, não o inimigo que traz as rugas e a morte. O tempo é que mostra o que realmente valeu a pena, o tempo nos ensina a esperar, o tempo apaga o efêmero e acaba com a dúvida."


"Que seja doce o dia quando eu abrir as janelas e lembrar de você. Que sejam doce os finais de tardes, inclusive os de segunda-feira - quando começa a contagem regressiva para o final de semana chegar. Que seja doce a espera pelas mensagens, ligações e recadinhos bonitinhos. Que seja (mais do que) doce a voz ao falar no telefone. Que seja doce o seu cheiro. Que seja doce o seu jeito, seus olhares, seu receio. Que seja doce o seu modo de andar, de sentir, de demonstrar afeto. Que sejam doce suas expressões faciais, até o levantar de sobrancelha. Que seja doce a leveza que eu sentirei ao seu lado. Que seja doce a ausência do meu medo. Que seja doce o seu abraço. Que seja doce o modo como você irá segurar na minha mão. Que seja doce. Que sejamos doce."


Caio Fernando Abreu,me entenderia.


Sem jeito, sem pressa, você me atravessa
Sem saber se rola eu vou na sua cola.
Nenhum problema, adoro um dilema
Pra mim tanto faz, só quero te ver mais
Aonde eu entro eu sei o que eu enfrento
De te procurar e não te encontrar
Só eu sei o que eu sinto quando estou sem você
Mas com você me sinto impossivel descrever...
Sei que muita gente vive do futuro
Em cima do muro, sem opinião
E outros vivem do passado
Mas isso é errado agora preste atenção
A gente é diferente, vive o presente
Vive intensamente, segue o coração
E se caso se desapontar, é so se levantar
E não olhar pro chão
Nos amamos muito mas nos falamos pouco
Longe de você, eu piro fico louco
Me pede pra esperar não sei se eu agüento
Mas por você me amar espero qualquer tempo
Espero não vou embora confio em você
E do contrario agora ninguém vai me convencer
Sei que o tempo passa rapido e eu fico ligado
Aflito
Acordado
Cada segundo pela frente
O tempo muda tudo, mas se quiser voltar
Quando estou do seu lado tudo fica diferente
Tudo mais contente

Sem jeito, sem pressa, você me atravessa
Sem saber se rola eu vou na sua cola.
Nenhum problema, adoro um dilema
Pra mim tanto faz, só quero te ver mais
Aonde eu entro eu sei o que eu enfrento
De te procurar e não te encontrar
Só eu sei o que eu sinto quando estou sem você
Mas com você me sinto impossivel descrever...
Sei que muita gente vive do futuro
Em cima do muro, sem opinião
E outros vivem do passado


O meu coração tem medo -Gustavo Lins
O meu coração tem medo
De sofrer sem teu carinho
Não vou conseguir me acostumar
As lembranças do teu beijo
Vão ficar aqui comigo
Sei que o tempo não pode apagar
A saudade ficou no meu peito
E só me faz chorar
A esperança virou defeito
Do sonho eu não quero acordar
Se você voltar comigo
Nada vai poder nos separar
Pra sempre eu vou te namorar
Te levar pro paraíso
Vai ser lindo pra recomeçar
Eu e você o céu e o mar
[ é ,ele tem medo .] 

Viver em sociedade é um desafio porque às vezes ficamos presos a determinadas normas que nos obrigam a seguir regras limitadoras do nosso ser ou do nosso não-ser... 
Quero dizer com isso que nós temos, no mínimo, duas personalidades: a objetiva, que todos ao nosso redor conhece; e a subjetiva... Em alguns momentos, esta se mostra tão misteriosa que se perguntarmos - Quem somos? Não saberemos dizer ao certo!!!
Agora de uma coisa eu tenho certeza: sempre devemos ser autênticos, as pessoas precisam nos aceitar pelo que somos e não pelo que parecemos ser... Aqui reside o eterno conflito da aparência x essência. E você... O que pensa disso? 


Que desafio, hein?
"... Nunca sofra por não ser uma coisa ou por sê-la..." 

"Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. 
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.
Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!"
William Shakespeare

Eu gostaria de ver o mundo com os olhos de uma criança, com a inocência que ela tem , queria ver o mundo desse jeito e depois não ser criticada por ninguém.
A gente passa por tanta coisa nessa vida, que as vezes é melhor fingir que não entendeu , você chora, ri,faz de tudo, pra depois no outro dia fingir que esqueceu.
Você vive todos os dias na esperança de encontrar algo melhor, inocente é essa esperança, que te faz acreditar que existe algo melhor.
Se algo não dá certo é muito mais fácil deixar pra trás, seguir outro caminho e viver em paz, me diga por que é melhor correr atrás de algo que você nem conhece ?
As coisas melhores estão sempre na sua frente.. apenas tenha persistência, clicar na mesma tecla, uma figurinha repetida , quem sabe ?
O mundo anda tão virado, nada mais é como antigamente, esquecemos do bom costume, e como amar era importante pra gente.

Segui outros caminhos e não foi por opção, foi o teu coração .. que quis se ver longe do meu.
Persistência, você conhece essa palavra?
Arrisque mais, persista no que é realmente importante, e se eu não for? bom.. deixa pra lá .


Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.


Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.

Carlos Drummond de Andrade



"Eu nunca aceitei a simplicidade do sentimento. Eu sempre quis entender de onde vinha tanta loucura, tanta emoção. Eu nunca respeitei sua banalidade, nunca entendi como pude ser tão escrava de uma vida que não me dizia nada, não me aquietava em nada, não me preenchia, não me planejava, não me findava. 
Nós éramos sem começo, sem meio, sem fim, sem solução, sem motivo. [...]Não sinto saudades do seu amor, ele nunca existiu, nem sei que cara ele teria, nem sei que cheiro ele teria. Não existiu morte para o que nunca nasceu[...].Sinto falta da perdição involuntária que era congelar na sua presença tão insignificante. Era a vida se mostrando mais poderosa do que eu e minhas listas de certo e errado. Era a natureza me provando ser mais óbvia do que todas as minhas crenças. Eu não mandava no que sentia por você, eu não aceitava, não queria e, ainda assim, era inundada diariamente por uma vida trezentas vezes maior que a minha. Eu te amava por causa da vida e não por minha causa. E isso era lindo. Você era lindo.
Simplesmente isso. Você, a pessoa que eu ainda vejo passando no corredor e me levando embora, responsável por todas as minhas manhãs sem esperança, noites sem aconchego, tardes sem beleza[...].Sinto falta de quando a imensa distância ainda me deixava te ver do outro lado da rua, passando apressado com seus ombros perfeitos. Sinto falta de lembrar que você me via tanto, que preferia fazer que não via nada. Sinta falta da sua tristeza, disfarçada em arrogância, em não dar conta, em não ter nem amor, nem vida, nem saco, nem músculos, nem medo, nem alma suficientes para me reter.
Prometi não tentar entender e apenas sentir, sentir mais uma vez, sentir apenas a falta de lamber suas coxas, a pele lisa, o joelho, a nuca, o umbigo, a virilha, as sujeiras. Sinto falta do mistério que era amar a última pessoa do mundo que eu amaria."



O Retorno de Saturno - Detonautas
Visão do espaço estamos tão distantes
se acelero os passos sigo a voz do meu coração.
Ontem eu fui dormir mais tarde um pouco.
E tudo vai indo bem...
Venço o cansaço e o medo do futuro.
No teu abraço é que encontro a cura do mal
Hoje eu acordei te quis por perto.
E você não sai do meu pensamento
E eu me questiono aqui se isso é normal.
Não precisa ser de novo assim tudo igual.
Entre o retorno de saturno e o seu,
Busco uma resposta que acalme o meu coração
Do amanhã não sei o que posso esperar.
E você não sai do meu pensamento
E eu me questiono aqui se isso é normal.
Você não sai do meu pensamento
E eu me pergunto aqui, se o natural

Vai dizer que o amor chegou no final. 
Não precisa ser de novo assim tudo igual...

Imagine nós dois,eu e você, daqui a alguns anos, morando juntos. Não precisaríamos ser namorados, nem casados, nem nada disso. Apenas amigos. E nós seriamos felizes, eu e você. Fotos de nós dois estariam espalhadas pela casa. Fotos suas no meu quarto, fotos minhas no seu quarto. Mas nós dormiríamos juntos. Pelo simples fato de eu te querer por perto, e você me querer também. Pelo simples fato do seu quarto estar bagunçado de mais e a minha cama ser perfeita para nós dois. Eu teria medo do escuro, sem você. E eu andaria apenas com roupas íntimas, e você fingiria não se importar. E eu fingiria acreditar. Eu fugiria de você, correndo pela casa, rindo, com o controle da televisão, só pra você não mudar o canal. E você me pegaria, e ficaríamos abraçados até o silêncio nos constranger. Nossos sábados a noite seriam nostálgicos, olharíamos todos tipos de filme, atiraríamos pipocas um no outro e pediríamos uma pizza.Nostálgicos e perfeitos, porque depois dormiríamos abraçados, no sofá da sala, ao som da melodia dos créditos de um filme de romance em que eu choraria do começo ao fim, e você riria de mim e comigo. Iríamos ao supermercado uma vez por mês, comprar as mais diversas porcarias. E não nos faltaria nada. Você não se importaria com as minhas roupas espalhadas pela casa e pelo seu quarto. Eu não me importaria com a sua bagunça diária, nem com a sua toalha de banho atirada pelos cantos. Nos domingos a tarde, ficaríamos na sacada do nosso apartamentinho no 3º andar, tomando chimarrão e cantando músicas velhas. Olharíamos as pessoas lá em baixo, casais apaixonados, e ficaríamos em silêncio, perdidos nos nossos próprios pensamentos. Suas amigas viriam te visitar, e eu choraria em silêncio, no escuro do meu quarto. Até elas irem embora e você ir dormir comigo, e perguntar se chorei. Eu negaria. Você acreditaria. Me acordaria no meio da noite, para contar um sonho que teve. E nós riríamos juntos. Me acordaria com café na cama, ou com uma rosa roubada do jardim da casa vizinha. Eu deixaria um recado sutil de amor na porta da geladeira antes de sair na segunda de manhã para visitar meus pais. Poderíamos até ter um cachorro. Poderíamos, juntos, levar ele para passear. E você decidiria pintar a casa, e ela ficaria vazia, apenas com nós dois e nosso cachorro. Deitaríamos no chão, e eu perguntaria em que você estaria pensando. Você mentiria e me perguntava o mesmo. Eu mentiria. Eu iria para a universidade todo dia de manhã, enquanto você ia para seu trabalho de meio turno em uma empresa de sucesso. Você me amaria, em silêncio. Eu também te amaria, em silêncio. Em alguns anos, eu estaria me formando em letras, e você estaria no topo da carreira naquela mesma empresa. E você me levaria pra jantar e me pediria em casamento. Eu aceitaria. E seria uma linda história de amor, apenas seria.





Sinais - Sorriso Maroto

Se é pra viver um grande amor,
Sei que é preciso cultivar
Hoje aprendi com o que passou
Que cada detalhe vai somar

Fui desatento, meu amor
Quem ama tem que reparar
Ver em você o que mudou
E se é preciso eu mudar
Ouvir seu silêncio de mulher
Ver os sinais que você dá
Discretamente bate o pé,
mexe os cabelos sem parar,
Pintou as unhas de café,
vive olhando pro nada...

Perdoa, amor, se levei tempo demais
Deixei uma porção de coisas pra trás
Errei em só olhar pra mim
Meu bem, nunca te vi assim
Nem só de amor se vive uma relação
Cada detalhe que perdi foi um grão
E quantos grãos deixei cair
Será que já chegou ao fim
Pior de tudo é perceber
Que você vinha dando sinais e eu não vi
Fui desatento meu amor
quem ama tem que reparar
Ver em você o que mudou
E se é preciso eu mudar...

Numa aula de português e uma reflexão sobre:
"Tu és a matéria plástica de meus versos,querida..
Porque, afinal,
Eu nunca fiz versos propriamente a ti:
Eu sempre fiz versos de ti"

- Há algum tempo ele já foi minha inspiração, já escondi todos os meus desejos, todos os meus sentimentos sobre ele. Quis que ele nunca soubesse nada pelo simples fato de perder.
Lembro que um dia resolvi ser corajosa, resolvi pensar que não iria acontecer nada com nossa amizade, maldito dia que eu pensei que não iria perder.
Tudo bem, nós tivemos nossos desencontros, nossas diferenças, sei que não fui muito justa com ele e que muitas vezes o decepcionei e como decepcionei.
Penso em ir falar com ele mas, de novo essa coragem não me vem e fico até com medo de que ela venha.Ainda hoje sonhei com o seu abraço e quando acorde me lembrei do quanto eu sinto falta.
E enquanto essa coragem não vem, lá eu vou me distanciando .. cada vez mais mas, sabe eu confesso eu ainda tenho esperanças de voltar e que vontade de voltar .

E mesmo que tudo parecesse mal, você ainda estaria aqui, pra me fazer bem? Você estaria do meu lado, até que tudo acabasse? Porque eu não iria suportar, se por acaso, tudo desmoronasse e eu não tivesse sua mão pra segurar. Eu sei que eu não sou especial, nem mereço ter você só pra mim, mas é que eu sou mimada, fui mal costumada, aprendi a viver do seu lado, e não posso mais pensar em dar um passo sem você pra abrir o caminho e não me deixar cair. Mas eu só quero que você me perdoe. Porque embora eu faça tudo errado, tudo que eu fiz, foi pra ficar do seu lado, pra tentar viver, com um pouco que fosse de mim em você.
Eu te amo, com tudo que eu posso, com toda a força da minha existência. Eu espero que você saiba disso, porque até hoje, todos os meus esforços foram pra te mostrar o quanto eu gosto de você..



1 ano ♥

"Em algum momento, em vários deles ou definitivamente, as pessoas sempre vão embora. Talvez essa seja a pior coisa do mundo. Ele vai embora, sempre, quando eu preciso de quinze minutos de silêncio complementar à minha entrega, odeio o desespero dele por banhos e a sua ansiedade curiosa pelo que vem depois. Que se dane o depois, eu sou agora, ou pelo menos era. Ele vai embora, sempre, quando o parágrafo passa de três linhas, o pensamento dele ultrapassa meus olhos, o som se perde da minha boca para qualquer outro canto do mundo que não tenha seus ouvidos e ele olha fixamente para qualquer outra coisa que não seja a minha existência. Sempre a mesma cara de tédio e de busca pelo resto que não se repete ou não se prolonga. Ele sempre vai embora quando eu queria que ele se perdesse um pouco, rasgasse a agenda, lançasse o celular no rio, desligasse todos os toques, luzes e sinais de que há todo o resto. Esquecesse do sono, do livro, da planta, das lembranças. Ele sempre vai embora do meu mundo quando eu só queria que ele descansasse um pouco de ser ele o tempo todo, mas ele tem muito medo de não ser ele, talvez porque ele não saiba o que ele é. Ele sempre vai embora pra descobrir quem ele é, ou para lembrar que ele é o mesmo de sempre que não sabe quem é, ele sempre vai embora antes da gente ser alguma coisa juntos. Vivo com essa sensação de abandono, de falta, de pouco, de metade. Mas nada disso é novidade. Antes dele, teve o outro, o outro que continua indo embora para sempre porque nunca foi embora pra sempre. Eu não sei deixar ninguém partir, eu não sei escolher, excluir, deletar. São as pessoas que resolvem me deixar, melhor assim, adoro não ser responsável por absolutamente nada, odeio o peso que uma despedida eterna causa em mim. Nada é eterno, não quero brincar de Deus. O outro foi embora a primeira vez porque estava bêbado demais, foi embora a segunda porque ficou tarde, foi embora a terceira porque teve medo de ficar pra sempre, foi embora durante alguns longos anos porque todo o resto do mundo precisava dele e eu era apenas uma das demandas. Ele me chamou de demanda a última vez que foi embora pra sempre, mas pra sempre pode durar duas horas, dois anos ou duas encarnações. A gente sempre se despede lembrando da música do Chico que diz “o amor não tem pressa, ele sabe esperar em silêncio”. Antes dele teve ainda um outro que sempre ia embora na espera de que existisse algo melhor do que eu, mas não ia definitivamente porque não é todo dia que aparece alguém melhor do que eu. Um dia apareceu, ela até que é bonita e tal, não parece tão confusa e intensa e talvez mediocridade seja tudo de que uma pessoa precise para ser feliz. Mas a última vez que ele foi embora, antes me deu um abraço de quem nunca saiu do mesmo lugar. O abraço e o seu olhar de quem nunca sabe direito porque vai embora ficaram pra sempre comigo. Hoje meu novo amigo foi embora, não pra sempre, mas um segundo pode ser pra sempre se pensarmos grandiosamente, e ele me dá vontade de pensar grandiosamente. Fazia tempo que alguém não ficava tão calado enquanto eu apenas existo, fazia tempo que alguém não ficava tão perdido só porque me encontrou, fazia tempo que eu não me olhava no espelho e sorria, sabendo que sim, sim, sim, sou bonita ora bolas! Sou interessante! Da onde eu tinha tirado o contrário nos últimos meses? Todo mundo chega na sua vida. Em algum momento, em vários deles ou definitivamente, as pessoas sempre chegam. Talvez essa seja a melhor coisa do mundo.
Como naquele texto que não lembro, daquela pessoa que não lembro, e sobre o qual você me contou de um jeito que eu nunca mais vou esquecer, no final a gente acaba mesmo numa esquina qualquer, lembrando de alguém que um dia chegou e depois foi embora, perplexo."


"E o que é que ela vê nele? Nossos amigos se interrogam sobre nossas escolhas, e nós fazemos o mesmo em relação às escolhas deles. O que é, caramba, que aquele Fulano tem de especial? E qual será o encanto secreto da Beltrana? 

Vou contar o que ela vê nele: ela vê tudo o que não conseguiu ver no próprio pai, ela vê uma serenidade rara e isso é mais importante do que o Porsche que ele não tem, ela vê que ele se emociona com pequenos gestos e se revolta com injustiças, ela vê uma pinta no ombro esquerdo que estranhamente ninguém repara, ela vê que ele faz tudo para que ela fique contente, ela vê que os olhos dele franzem na hora de ler um livro e mesmo assim o teimoso não procura um oftalmologista, ela vê que ele erra, mas quando acerta, acerta em cheio, que ele parece um lorde numa mesa de restaurante mas é desajeitado pra se vestir, ela vê que ele não dá a mínima para comportamentos padrões, ela vê que ele é um sonhador incorrigível, ela o vê chorando, ela o vê nu, ela o vê no que ele tem de invisível para todos os outros. 

Agora vou contar o que ele vê nela: ele vê, sim, que o corpo dela não é nem de longe parecido com o da Daniella Cicarelli, mas vê que ela tem uma coxa roliça e uma boca que sorri mais para um lado do que para o outro, e vê que ela, do jeito que é, preenche todas as suas carências do passado, e vê que ela precisa dele e isso o faz sentir importante, e vê que ela até hoje não aprendeu a fazer um rabo-de-cavalo decente, mas faz um cafuné que deveria ser patenteado, e vê que ela boceja só de pensar na palavra bocejo e que faz parecer que é sempre primavera, de tanto que gosta de flores em casa, e ele vê que ela é tão insegura quanto ele e é humana como todos, vê que ela é livre e poderia estar com qualquer outra pessoa, mas é ao seu lado que está, e vê que ela se preocupa quando ele chega tarde e não se preocupa se ele não diz que a ama de 10 em 10 minutos, e por isso ele a ama mesmo que ninguém entenda."


O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença.

O que seria preferível, que a pessoa que você ama passasse a lhe odiar, ou que lhe fosse totalmente indiferente? Que perdesse o sono imaginando maneiras de fazer você se dar mal ou que dormisse feito um anjo a noite inteira, esquecido por completo da sua existência? O ódio é também uma maneira de se estar com alguém. Já a indiferença não aceita declarações ou reclamações: seu nome não consta mais do cadastro.

Para odiar alguém, precisamos reconhecer que esse alguém existe e que nos provoca sensações, por piores que sejam. Para odiar alguém, precisamos de um coração, ainda que frio, e raciocínio, ainda que doente. Para odiar alguém gastamos energia, neurônios e tempo. Odiar nos dá fios brancos no cabelo, rugas pela face e angústia no peito. Para odiar, necessitamos do objeto do ódio, necessitamos dele nem que seja para dedicar-lhe nosso rancor, nossa ira, nossa pouca sabedoria para entendê-lo e pouco humor para aturá-lo. O ódio, se tivesse uma cor, seria vermelho, tal qual a cor do amor.

Já para sermos indiferentes a alguém, precisamos do quê? De coisa alguma. A pessoa em questão pode saltar de bung-jump, assistir aula de fraque, ganhar um Oscar ou uma prisão perpétua, estamos nem aí. Não julgamos seus atos, não observamos seus modos, não testemunhamos sua existência. Ela não nos exige olhos, boca, coração, cérebro: nosso corpo ignora sua presença, e muito menos se dá conta de sua ausência. Não temos o número do telefone das pessoas para quem não ligamos. A indiferença, se tivesse uma cor, seria cor da água, cor do ar, cor de nada.

Uma criança nunca experimentou essa sensação: ou ela é muito amada, ou criticada pelo que apronta. Uma criança está sempre em uma das pontas da gangorra, adoração ou queixas, mas nunca é ignorada. Só bem mais tarde, quando necessitar de uma atenção que não seja materna ou paterna, é que descobrirá que o amor e o ódio habitam o mesmo universo, enquanto que a indiferença é um exílio no deserto.


Eu sei que você pensa coisas do tipo, -como ela me sufoca, -como ela me prende, -como ela ciumenta, -como ela é chata,- como ela consegue brigar tanto, -eu quero sair hoje, -eu não quero ir lá,- eu não quero fazer isso que ela quer.
Eu sei que você pensa muita coisa sobre ela das melhores ate as piore. Eu também sei que você pensa coisas assim, -que linda que ela ta, -que cheirinho bom, -que carinho gostoso, -que saudade ruim, -que bom estar com ela,- que abraço bom, -eu a m o ela.
Eu sei que apesar dela não te impedir de sair ou você não deixar que ela te impeça, você sente falta de sair, curtir sem dar satisfação, sente falta de ir pra night e poder ficar com várias,sente falta de dar uma pegada diferente,de sair por ai, de curtir com teus amigos sem preocupação, sente falta de bocas, gostos sabores, corpos e assuntos diferentes.
Eu sei de tudo isso, mais ela sabe? Provavelmente a sua menina deve pensar coisas desse tipo pelo fato de toda menina pensar assim,mais com certeza ela deve imaginar que tu a ama sem limites e que vocês realmente são eternos.
Mais eu sei que apesar das coisas que você deseja na ausência dela,você também pensa em estar com ela toda hora, sente uma falta doida dela, gosta dos abraços beijos, carinhos, do jeitinho de rir, de falar besteira, o jeito de pedir desculpa, das brincadeiras de vocês, de conversar e poder saber que você pode contar com ela. Sim você realmente a ama do fundo do coração e ela é a menina mais linda do mundo.
Como você pode pensar tanta coisa assim de uma só menina? Da sua menina.
Eu sei o que você pensa e sei também o que ela pensa, para não fazer você perder teu tempo com palavras românticas e cansativas que ela deve lhe falar normalmente e escrever também e você já não presta mais tanta atenção.
Ela te ama muito, com uma intensidade sem limites, quer o teu melhor, quer o teu bem, ela também pensa algumas coisas ruins sobre você e tu também irrita ela, mais isso passa em segundos, esses pensamentos saem da mente dela como se nunca tivessem passado por lá.
Com o tempo que vocês estão, ela aprendeu a lidar contigo e vice e versa, com o tempo ela sabe o que ti irrita o que te faz bem e tu também sabe tudo sobre ela.
Mais esses seus pensamentos não saem da tua cabeça tão facilmente,e a tua menina ti irrita muitas vezes sem nem ao menos ter a intenção.
Você sai com freqüência, as vezes você esquece dela, as vezes tu não lembra de alguma coisa que ela pediu, as vezes tu vai esquecendo, simplesmente esquecendo.
E a tal menina? ela chora, ela fica triste, ela acha que você simplesmente não a ama; mesmo que não seja isso que esteja acontecendo, você ‘apenas’ esqueceu.
Será que você realmente está esquecendo? apenas esquecendo?
Você já parou pra pensar nela como antes você pensava? você já olhou bem pra ela e viu o brilho nos seus olhos? E como ela se esforça pra ti deixar feliz?
Deveria realmente, deveria, depois de tudo o que vocês viveram, VOCÊ DEVERIA. 
E a tua menina? Continua com os mesmo pensamentos tristes e sem razão se sente lesada, e deixada de lado, e com o medo constante de ti perder.
Você realmente acha que essa menina, a tua menina insisto em dizer, não é mais importante que uma curtição que momentos com os amigos,melhor que qualquer night?
Se acha ou não a menina já tirou suas próprias conclusões,e já se feriu o bastante.
Você está preparado pra perdê-la? se estiver... bum! perdeu, e agora?
E agora ti prepara pra night, pra curtir outros corpos e outros gostos e voltar pra casa e se deparar sozinho, sem ter alguém pra abraçar sem ninguém pra ligar e contar seu dia, seus problemas, sem poder dizer TE AMO.
E a menina? Ela cresceu não é mais a s u a menina, ela não ti entendeu.
Até que um dia você encontra a mulher que um dia foi a tua menina e ela esta mais linda do que nunca, e em sua cabeça os pensamentos que a tanto tempo quando estava com ela não existiam mais,esses pensamento voltam e as palavras EU TE AMO, VOLTA PRA MIM passam subitamente em sua cabeça. E a mulher? Bom ela ti da um beijo no rosto e vai embora...
E agora eu ainda sei o oque você pensa, e ela sabe?
Preste atenção em quem você ‘ama’ e cuide da SUA MENINA.

Acompanhe!

Yasmin Braz

Yasmin Braz
[...]Foi então que eu descobri. Ele está exatamente no mesmo lugar que eu agora, pensando as mesmas coisas, com preguiça de ir nos mesmos lugares furados e ver gente boba, com a mesma dúvida entre arriscar mais uma vez e voltar pra casa vazio ou continuar embaixo do edredon lendo mais algumas páginas do seu mundo perfeito. A verdade é que as pessoas de verdade estão em casa. Não é triste pensar que quanto mais interessante uma pessoa é, menor a chance de você vê-la andando por aí? [...] '

Marcadores

Followers

Parceiros