Vem aqui… Deita no meu colo e deixa eu te fazer carinho. Deixa eu te fazer esquecer do mundo lá fora. Eu começo mexendo no teu cabelo e depois vou alisando seu rosto. Pode dormir se quiser, eu vou ficar aqui te olhando. Vou te proteger de tudo. Encosta a pontinha do seu nariz no meu. Fecha os olhos. Eu posso sentir seu coração. Seu sorriso é diferente. Ei, fica. Eu não tenho pressa; não tenho nada. Só uma vontade de você, daquela que não passa.

0 comentários:

Postar um comentário

Acompanhe!

Yasmin Braz

Yasmin Braz
[...]Foi então que eu descobri. Ele está exatamente no mesmo lugar que eu agora, pensando as mesmas coisas, com preguiça de ir nos mesmos lugares furados e ver gente boba, com a mesma dúvida entre arriscar mais uma vez e voltar pra casa vazio ou continuar embaixo do edredon lendo mais algumas páginas do seu mundo perfeito. A verdade é que as pessoas de verdade estão em casa. Não é triste pensar que quanto mais interessante uma pessoa é, menor a chance de você vê-la andando por aí? [...] '

Marcadores

Followers

Arquivo

Parceiros